domingo, 10 de janeiro de 2010

Meu Silêncio!!!

Hoje diante da solidão minha alma cala
Um silêncio gritante ecos escondidos
Pois meu coração diante disso perde a fala
E meus sentimentos estão quase perdidos

Esta saudade me condena à uma prisão
Dentro de mim mesma pois lá é meu refúgio
Onde o silêncio impera me tirando a emoção
E um silêncio triste possue hoje meu coração

Minha alma é prisioneira desse silêncio
Pois não consegue ouvir a tua alma chamar
Ela solitária fica ali distante a aguardar
Pelo chamado da tua, então fica a esperar

Tem coisas que eu jamais esqueço
E em meio ao silêncio vem alguma recordação
As vezes sinto que pagaria qualquer preço
Para poder sentir novamente seu coração

Autora: Darcy Raposo

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.