quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

poesia

O Amor é poderoso,
é sensível e misterioso.
Seja vaidoso ou singelo
mas se verdadeiro,
é sempre belo;
O amor não tem fronteiras,
não se intimida,
e não vê barreiras;
O amor arrepia,
nos leva ao devaneio,
nos embriaga de alegria,
ou nos mata de desejo;
O amor não se resume,
não obedece nem pune,
o verdadeiro amor
somente une.
Renato l. Rubio

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.