segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

reflexão

Alexandre 3º, o Grande (Rei da Macedônia)
356 a.C., Macedônia
323 a.C., Babilônia


A beira do leito de morte, Alexandre o Grande convocou seus generais
e lhe orientou sobre seus três últimos desejos.
E assim falou-lhes:

1 - Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos melhores médicos da época;
2 - Que fossem espalhados no caminho até seu túmulo todos os seus tesouros e;
3 - Que suas duas mãos fossem deixadas de fora balançando para que todos pudessem vê-las.




Então eis que um dos seus generais, impressionado com seus pedidos insólitos,
o pergunta quais seriam as razões para tal desejo.
Alexandre sabiamente o responde:

1 - Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que
eles não tem poder de cura perante a morte;
2 - Quero que o chão seja coberto com os meus tesouros para que as pessoas
possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem e por fim;
3 - Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que
de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.

Postar um comentário

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Faceboock

montagem de fotos

The Simpsomaker

Arquivo do blog

Ocorreu um erro neste gadget